Cadela fica ferida ao ser arrastada por moto em condomínio de luxo em SP

Porteiro responsável por tirar o animal do local, em Araçatuba, diz que estava em velocidade baixa

Solange Spigliatti, estadão.com.br

14 Outubro 2011 | 10h20

SÃO PAULO - Uma cadela ficou ferida após ser arrastada pelas ruas do condomínio de luxo Delta Park, em Araçatuba, no interior de São Paulo, amarrada com uma corda em uma moto do porteiro do local na quinta-feira. De acordo com a Polícia Civil, uma testemunha viu o maltrato e fez a denúncia.

Segundo boletim de ocorrência, a cachorra entrou em uma das casas do condomínio, que não permite a entrada de animais. A dona da residência chamou o porteiro e entregou uma corda para que o funcionário tirasse o animal do condomínio.

De acordo com o porteiro, a cachorra é mansa e foi até ele assim que ele a chamou. Ele amarrou a corda no pescoço do animal e na moto e seguiu para a saída do condomínio. Segundo ele, a velocidade era baixa, "para não enforcar a cadela". Em depoimento, o porteiro disse que foi orientado a retirar todo animal que invada o condomínio.

Uma testemunha acionou a Polícia Militar, que também viu o porteiro arrastando o animal pelo asfalto. A cachorra estava com várias lesões pelo corpo, principalmente nas patas, e muito debilitada e foi levada para o hospital veterinário da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Estadual Paulista (Unesp).

O porteiro foi encaminhado à delegacia, mas não foi preso. As câmeras de segurança do condomínio serão entregues à polícia para investigação.

Mais conteúdo sobre:
cadela Araçatuba animais cachorros

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.