Nilton Fukuda/AE
Nilton Fukuda/AE

Cadastro do bilhete único mensal começa no dia 15, diz Haddad

Promessa de campanha de Haddad, previsão é que o serviço entre em operação em novembro

Caio do Valle - O Estado de S.Paulo,

02 de abril de 2013 | 11h58

O prefeito Fernando Haddad (PT) disse nesta terça-feira, 2, que o cadastro dos interessados para o bilhete único mensal começa no dia 15 de abril. A operação efetiva do serviço deve se iniciar em novembro.

Estimativas preliminares dão conta de que a Prefeitura terá que pagar R$ 400 milhões anuais em subsídios para manter o serviço.

Para usar o bilhete único mensal, os interessados vão precisar se cadastrar no site da São Paulo Transporte (SPTrans) até o fim de outubro. Será necessário mandar uma foto, para evitar fraudes.

O bilhete único convencional continuará funcionando normalmente para quem quiser.

O secretário municipal dos Transportes, Jilmar Tatto, disse que o bilhete único mensal custará R$ 140 por mês para cada pessoa. Os dados, contudo, são baseados no valor da tarifa em R$ 3, preço que deve ser alterado em junho. Ainda não foi divulgado o novo valor da tarifa.

O bilhete único mensal é uma das principais promessas de campanha de Haddad.

Mais conteúdo sobre:
bilhete único

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.