'Cada prato é único, nenhum é igual a outro'

A artista plástica paulistana Camila Mizutano, de 26 anos, mora em Interlagos, na zona sul, e diz ter como hobby sair para comer em algum dos muitos restaurantes da cidade. Entre seus locais preferidos está um bufê de comida mongol na Vila Olímpia.

O Estado de S.Paulo

19 Outubro 2012 | 08h41

"É muito divertido ir lá com os amigos, porque você mesmo prepara sua comida. Escolhemos os ingredientes - carnes e legumes crus - e um cozinheiro à frente de uma chapa prepara. Além disso, são milhares de temperos, como alecrim e curry, o que faz com que cada prato seja único."

Outro diferencial do restaurante são as carnes exóticas servidas. Segundo Camila, que trabalha com gravuras, é fácil encontrar carne de tubarão, javali ou búfalo no bufê. / CAMILA BRUNELLI

Mongolian Grill do Restaurante

Tantra: Rua Chilon, 364, Vila Olímpia.

Preço: R$ 29 (almoço) e R$ 62 (jantar)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.