Imagem Lourival Sant'Anna
Colunista
Lourival Sant'Anna
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Cada país calcula reincidência de uma maneira

É impossível comparar dados de reincidência entre os países, por causa da falta de padronização dos levantamentos. Cada país usa parâmetros diferentes, como mostram estudos compilados pela Universidade de Lausanne, na Suíça, para o Conselho da Europa.

Lourival Sant'Anna, O Estado de S.Paulo

26 de janeiro de 2014 | 02h01

Na França, 42,8% dos condenados voltaram a cometer o mesmo crime no intervalo de cinco anos contado a partir do fim da pena anterior, entre 2000 e 2010. Na Alemanha, no período de 2004 a 2007, a reincidência do mesmo crime foi de 35,7%. Na Itália, entre 1998 e 2005, 19% dos que ficaram em livramento condicional voltaram a delinquir. Já a reincidência dos que ficaram presos em regime fechado foi muito maior: 68%.

Na Inglaterra e no País de Gales, de julho de 2010 a junho de 2011, a reincidência foi de 25,5%. Na Noruega, de 20%, entre 2006 e 2008. Nos outros países nórdicos, variou de 24% a 31%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.