Cachorro morre após atraso em voo entre SP e Vitória

Um cão da raça pug morreu de parada cardiorrespiratória, na semana passada, após um voo da Gol entre São Paulo e Vitória, que teve atraso na partida. Chamado de Santiago, o animal teria ficado mais de dez horas em local fechado, ao longo da viagem. Seu dono, o esteticista de cães Fabio Cesar dos Santos, afirmou que vai processar a companhia.

O Estado de S.Paulo

20 de setembro de 2011 | 06h03

Santos e sua mulher iam pegar o voo das 10h50, que atrasou e só saiu às 14 horas. Ao chegar a Vitória, a caixa em que Santiago estava teria sido deixada em um canto da sala de desembarque. "Eu e minha mulher o levamos ao veterinário, que tentou reanimá-lo, sem sucesso."

A Gol disse que fez uma "apuração interna" e vai prestar esclarecimentos. / CÍNTIA BRINGHENTI, ESPECIAL PARA O ESTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.