Cabo da PM tenta evitar assalto a mercado e morre em Carapicuíba(SP)

Bandido já assaltava o segundo caixa quando teve voz de prisão anunciada; então virou-se e atirou

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

16 de fevereiro de 2012 | 02h43

SÃO PAULO - O cabo Fredson Vicente Barbosa, de 41 anos, foi morto, com um tiro no abdômen, às 19h40 de quarta-feira, 15, ao tentar evitar um assalto no interior da loja do Supermercado Dia localizada na Avenida Governador Mário Covas, no Jardim Pignatari, em Carapicuíba, região oeste da Grande São Paulo.

 

À paisana, de folga e fazendo compras, o policial testemunhou um criminoso assaltando um dos caixas. O cabo, ao ver que o bandido, de costas para ele, já abordava a operadora do segundo caixa, identificou-se como policial e deu voz de prisão. O criminoso então virou-se já atirando.

 

O disparo atingiu o abdômen do policial e danificou uma importante veia. Mesmo encaminhado ao Hospital Regional de Carapicuíba (antigo Sanatorinhos), Fredson não resistiu aos ferimentos e morreu. O criminoso fugiu. Até as 2h45 desta madrugada de quinta-feira, 16, não havia sido informado o valor levado do mercado.

 

O cabo Fredson Vicente Barbosa era lotado no Serviço Reservado do Comando de Policiamento de Área Metropolitana (CPAM-10), com sede na Várzea de Baixo, região de Santo Amaro, na zona sul da capital, e estava na corporação desde 1999.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.