Cabo da PM é morto a tiros em Guarulhos

Policial estava na garagem de casa, quando um motoqueiro disparou diversas vezes

Elvis Pereira, estadao.com.br

01 Janeiro 2009 | 12h02

O cabo da Polícia Militar (PM) Hélio Pelicelli de Oliveira foi morto na quarta-feira, 31, em sua casa no Jardim Palmira, em Guarulhos, na Grande São Paulo. Segundo a PM, ele estava na garagem, quando um homem numa motocicleta parou em frente ao imóvel e atirou diversas vezes. Duas balas atingiram Oliveira, no peito. Ele ainda foi levado ao Hospital Padre Bento, mas não resistiu aos ferimentos. O autor dos disparos fugiu.   Oliveira atuava na administração do 7º Batalhão da PM na capital, em Higienópolis. Ele estava na corporação há 25 anos e faltava um mês para sua aposentadoria. O corpo do cabo será enterrado às 16 horas desta quinta, 1º, no Cemitério Vila Rio, em Guarulhos.

Mais conteúdo sobre:
tiros PM

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.