Cabo da PM à paisana é morto no Butantã

Um cabo da Polícia Militar foi morto a tiros ontem, por volta das 18 horas, na Rua Inácio Cervantes, no Butantã, zona oeste de São Paulo. A informação foi confirmada pela Central de Operações da PM (Copom), que, inicialmente, disse ter se tratado de reação a tentativa de roubo do carro do policial, que estava à paisana. Até setembro, 55 PMs foram mortos fora do trabalho. Essa onda de mortes fez o comando da corporação espalhar cartazes nos quartéis para pedir cautela nos "bicos".

O Estado de S.Paulo

05 Outubro 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.