Cabeleireira é liberada após 24h de cárcere

Após mais de 24 horas de negociações, a cabeleireira Cleide Santos, de 38 anos, que era mantida refém por Pedro Francisco Vieira, de 33, no Presídio Regional de Montes Claros, norte de Minas, foi libertada ontem.

BELO HORIZONTE, O Estado de S.Paulo

14 de fevereiro de 2012 | 03h07

Vieira manteve Cleide, que visitava o filho, sob ameaça de uma arma branca artesanal e exigia garantia de vida. Ele alegava haver um prêmio de R$ 100 mil por sua vida por causa de seus crimes. Ele é condenado por roubo, homicídio e estupro. Vieira libertou Cleide após falar com um familiar. O governo se dispôs a transferi-lo. / MARCELO PORTELA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.