Busca a eventuais ocupantes de veículo será retomada em represa na Grande SP

Não sabe ainda se havia um casal no carro que afundou na represa do rio Jaguari, em Santa Isabel

estadão.com.br,

12 Julho 2012 | 04h35

SÃO PAULO - Serão retomadas, na manhã desta quinta-feira,12, na represa do Rio Jaguari, no trecho localizado na altura do quilômetro 63,5 da Rodovia Prefeito Joaquim Simão (SP-56), em Santa Isabel, Região Metropolitana de São Paulo, buscas por eventuais ocupantes de um Fiat Strada branco que, por volta das 21h15 de quarta-feira, 11, saiu da pista, desceu o barranco e afundou nas águas.

 

Ao escutar um barulho e testemunhar o veículo invadindo a represa, um pescador ligou para a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), que acionou os bombeiros. Foram para o local quatro equipes - três de Guarulhos e uma de Santa Isabel. O carro, que está em nome de uma agente de Telemarketing, de 31 anos, foi localizado pelos bombeiros, mas nele e no entorno do local onde o Fiat caiu, junto à ponte que passa sobre a represa, nenhuma pessoa foi encontrada.

 

No carro, os policiais encontraram uma mochila e objetos em geral, entre eles um fone de ouvido com microfone, igual aos que são utilizados por quem trabalha no setor de Telemarketing. Documentos da proprietária do carro e do marido dela, de 35 anos, um crachá da empresa onde a atendente trabalha, R$ 460,00, livros e outros objetos também estavam dentro do carro, parte na mochila.

 

Até as 4h30 desta quinta-feira, 12, a Polícia Civil de Santa Isabel, não tratava oficialmente o caso como desaparecimento, pois familiares do casal, que mora na mesma cidade, ainda não estão convictos de que a atendente e o marido dela realmente estavam no carro naquele momento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.