Burocracia para abrir conta

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

O Estado de S.Paulo

29 de junho de 2012 | 03h03

Tenho 18 anos, sou alinhador técnico e há várias semanas tento abrir uma conta poupança na Caixa Econômica Federal (agência Utinga, em Santo André). Mesmo trabalhando e tendo registro em carteira, ainda não consegui abrir a conta por causa da burocracia. Após providenciar toda a documentação, a gerente perguntou a finalidade da conta. Disse que, como pretendo comprar um carro, quero guardar dinheiro. Ela então afirmou que conta poupança não é para esta finalidade. Fiquei indignado quando ouvi isso! O dinheiro é meu e quem decide o que deve ser feito com ele é o banco? Deixo registrados minha insatisfação com o procedimento da Caixa e repúdio a esse discurso. O banco deveria ter obrigação de orientar o trabalhador e não atuar somente de olho no lucro da instituição.

DIOGO GOMES DA SILVA / SANTO ANDRÉ

A Caixa Econômica Federal esclarece que o cliente compareceu à agência para a abertura de conta poupança com comprovante de residência inválido e foi orientado sobre a necessidade de apresentação de outro documento. Informa que a agência não se recusa a efetuar abertura de conta poupança para quem deseja poupar. Diz que, em 25/6, o leitor retornou à agência para efetuar a abertura da conta com o documento correto e a conta foi aberta.

O leitor reclama: Após reclamação à Coluna, a conta foi aberta, mas se fosse outra pessoa teria desistido. Discordo totalmente da resposta, pois a Caixa transfere a responsabilidade para o cliente. Desde a primeira tentativa o problema foi com o banco, que alegou falta de sistema e prometeu me dar um retorno, o que não ocorreu.

VIVO TV - 1

10 dias sem sinal e sem TV

O serviço de TV por assinatura da TVA (hoje Vivo TV) está péssimo e, frequentemente, o sinal cai. Da última vez, foram três dias seguidos sem poder assistir à televisão! E, pior, quando isso acontece, não há informação sobre o retorno do sinal, pois o serviço de atendimento (10 666) não atende (que ironia, não?) e, ao ser transferida para o atendente, ouço uma música por muitos minutos até que a ligação é cortada.

ELVIRA FILIPE

/ SÃO CAETANO DO SUL

A Vivo TV informa que o serviço foi restabelecido e que concederá crédito na próxima fatura da assinante pelo período em que o serviço esteve indisponível.

A leitora comenta: O sinal voltou, mas no dia 23 de junho caiu novamente. A Vivo TV lamenta o transtorno, mas só pode agendar visita técnica para o dia 2 de julho. Ou seja, vou ficar mais 10 dias sem televisão.

VIVO TV - 2

Visitas técnicas adiadas

O atendimento da TVA, que já era ruim, conseguiu piorar com a Vivo TV. Tenho quatro pontos digitais e um ponto HD, mas o HD não funciona. Liguei na Vivo e fui orientado a desligar o televisor da tomada e religá-lo, no entanto, o problema persistia. Foi então agendada visita técnica para o dia 15 de junho, entre 8 e 13 horas. Fiquei esperando e ninguém apareceu. Telefonei reclamando e a atendente disse que a central ou o técnico iria me ligar para explicar o atraso. Ninguém ligou. Reclamei novamente e agendaram nova visita, agora para outro período (entre 13 e 18 horas). Mas, de novo, ninguém apareceu. Quando os clientes serão dignamente atendidos?

SÉRGIO BRUSCHINI / SÃO PAULO

A Vivo TV informa que, após atendimento técnico, o serviço do leitor está em pleno funcionamento.

O leitor relata: Graças à Coluna, o técnico veio. Mas com atraso, após três visitas adiadas.

LINHA 10 DA CPTM

Trecho interrompido

Reclamei no início do ano sobre o fato de a CPTM ter retirado os trens da Linha 10 da Luz. Na época, a CPTM respondeu que os trens não iriam mais fazer parada na Luz e os transtornos continuam até hoje. As obras de "melhorias" eram somente um pretexto para retirar os trens daquele trecho. A reclamação do leitor sr. Miguel Ramos da Costa (edição de 23/6, pág. C2) tem a ver com o meu questionamento. Já faz quase um ano que o percurso Brás-Luz foi interrompido para reforma. A obra parou, o trecho continua sem funcionar e, consequentemente, o número de passageiros na estação triplicou. Gostaria apenas de informar o leitor de que a reforma acabou em dezembro e os trens não voltarão a circular. Há mais informações no endereço www.facebook.com/linha10naluz.

JOÃO JANSEN TORNERO / MAUÁ

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.