Buraco causa morte e prefeitura é condenada

A 8.ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve decisão de primeira instância que condenou a Prefeitura de Marília a pagar indenização de R$ 109 mil por danos morais a um casal que perdeu o filho em um acidente causado por um buraco no asfalto. O rapaz perdeu o controle da moto e bateu na guia. A votação foi unânime.

O Estado de S.Paulo

18 de outubro de 2012 | 03h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.