Búlgaro é preso com 17 tijolos de cocaína no Porto de Santos

Ao ser barrado por um guarda do porto, Dekov ofereceu R$ 200 e acabou sendo revistado

Ítalo Reis, do estadao.com.br,

29 de setembro de 2008 | 16h11

Um búlgaro foi preso na madrugada de domingo no Porto de Santos, no litoral paulista, com 18 tijolos de cocaína prensada. Segundo informou a Secretaria de Segurança Pública nesta segunda-feira, 29, Blagoy Lakov Dekov, de 27 anos, chegou ao portão 19 com uma mala, dizendo que tinha cigarros e que entregaria a um colega que embarcaria em um navio. O guarda do porto não permitiu a entrada e Dekov teria oferecido, segundo a SSP, R$ 200 reais para poder entrar na área de embarque. O guarda resolveu revistar a mala e encontrou a droga. Dekov foi preso e levado para delegacia. Ele não quis falar de quem recebeu e nem para quem iria entregar a cocaína. Além da mala, foram apreendidos dois celulares, três chips e uma bateria para celular, moedas estrangeiras, duas passagens aéreas e uma carteira contendo três cartões de crédito e quase 20 cartões de visita. Depois, em investigações, a polícia descobriu que o búlgaro estava hospedado em um hotel de Santos. A pessoa que lhe entregou a droga também estava num hotel da cidade, mas já havia ido embora.

Tudo o que sabemos sobre:
búlgaro presoPorto de santosdrogas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.