Bruno quer outro advogado para seu caso

BELO HORIZONTE

Marcelo Portela, O Estado de S.Paulo

23 de novembro de 2010 | 00h00

O advogado paranaense Claudio Dalledone Junior afirmou ontem que foi convidado pelo goleiro Bruno Fernandes, acusado pelo assassinato e desaparecimento de Eliza Samudio, para assumir sua defesa. Dalledone já defende o braço direito do goleiro, Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, mas disse que cuidará apenas do atleta caso a substituição de Ércio Quaresma seja confirmada. Ontem, no acompanhamento de processos do Tribunal de Justiça, constava apenas Quaresma como advogado de Bruno, apesar de haver um pedido de substabelecimento - nomeação de outro advogado.

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seção Minas Gerais, marcou ontem o julgamento de Quaresma. Ele será julgado, em sigilo, pelo Tribunal de Ética e Disciplina da entidade no dia 30. O advogado foi acusado de ameaçar familiares de Bruno para que o jogador não trocasse de defensor. Além disso, Quaresma também assumiu ser viciado em crack e na semana passada apareceu em um vídeo usando a droga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.