Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Bruno Covas diz permanecer sem sintomas da covid-19

Prefeito de São Paulo afirmou que não tem febre, dores ou falta de ar

Redação, O Estado de S.Paulo

18 de junho de 2020 | 17h54

Diagnosticado com covid-19 no sábado (13), o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), afirmou em postagem no Instagram que permanece sem febre, sem dor e sem falta de ar. Covas continua cumprindo o isolamento em casa e segue trabalhando. Nesta quinta-feira, 18, ele participa de uma live às 19h30 com o secretário de Habitação João Farias. 

Quando foi diagnosticado, o prefeito também não sentia nenhum sintoma da covid-19. Ele vinha sendo testado regularmente por estar se tratando de um câncer e ter contato diário com pessoas. O resultado deu positivo no quarto teste que fez. 

Na segunda-feira, 15, Covas disse estar tomando o antibiótico azitromicina. Ele fez uma postagem nas redes sociais informando que havia sido orientado pelo médico a tomar o medicamento e que a politização do tratamento "não contribui em nada". "Em nome da transparência que entendo necessária quando um político adoece, esclareço que estou tomando o medicamento prescrito pelo meu médico: Azitromicina. Remédio não é de esquerda ou de direita. Lamento que alguns queiram politizar a escolha do medicamento", escreveu Covas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.