Brinquedos infláveis passam a ter restrições

SEGURANÇA

, O Estado de S.Paulo

07 Agosto 2010 | 00h00

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) publicou regras de segurança para brinquedos infláveis de grande porte. Os fabricantes e empresas que alugam os brinquedos têm um ano para fazer as adaptações. As normas foram criadas porque, há dois anos, acidentes provocaram a morte de duas crianças em uma festa em Curitiba. Não se pode, por exemplo, acionar os brinquedos quando o vento atingir 44 km/h.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.