Briga entre argentinos e brasileiros fecha comércio e assusta multidão em SP

Torcedores trocaram socos na saída da Arena Corinthians, na frente da Estação Artur Alvim do Metrô

Bruno Ribeiro, O Estado de S. Paulo

09 Julho 2014 | 20h26

SÃO PAULO - Argentinos e brasileiros discutiram e trocaram socos na frente da Estação Artur Alvim do Metrô por volta das 20 horas, enquanto os torcedores começavam a sair da Arena Corinthians após vitória da Argentina pela semifinal da Copa do Mundo.

Os argentinos haviam fechado a Rua Doutor Campos Moura, próxima à estação, e estavam comemorando a vitória sobre a Holanda. Não se sabe como exatamente começou a confusão, mas houve discussão e empurra-empurra entre cerca de 20 argentinos e brasileiros. Alguns brasileiros estavam do lado dos argentinos.

A briga generalizada se estendeu por cerca de cinco minutos e foi apartada por pessoas com camisa do Corinthians. A reportagem não viu nenhum ferido.

Houve correria e lojas e bares fecharam. A Polícia Militar não estava presente no momento da confusão, já que, na saída das partidas, os PMs permanecem dentro da estação de metrô, na saída para a Radial Leste.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.