Brasília nega tarifa cara e alega ter integração

O Metrô de Brasília, pior colocado do ranking do Idec, informou que não se trata de uma tarifa cara em relação a outras cidades do mundo nem em relação a localidades brasileiras. O Metrô do Distrito Federal argumentou que o serviço está integrado com ônibus em 8 das 24 estações.

O Estado de S.Paulo

28 Novembro 2011 | 03h02

O órgão criticou ainda a metodologia adotada. "Na nossa visão não há parâmetros de comparação, uma vez que o salário mínimo tem uma representatividade econômica diferenciada em cada país", ressaltou.

O Metrô de São Paulo também foi procurado pela reportagem para se manifestar sobre os resultados da pesquisa. Disse apenas, na sexta, que não seria possível conversar com nenhum representante da empresa. /M.P.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.