Brasileiros trocam EUA por Buenos Aires

Os Estados Unidos têm quatro dos cinco principais destinos de turistas brasileiros no exterior, mas os argentinos bateram os americanos no primeiro lugar. Segundo o Índice de Preços de Hotel 2010, do site de reservas Hotéis.com, Buenos Aires supera Orlando na preferência do turista que sai do Brasil.

Flávia Tavares, O Estado de S.Paulo

30 Março 2011 | 00h00

"O turista do Brasil é, basicamente, um comprador. E Buenos Aires tem dois atrativos: é um destino internacional que não exige visto e é um ótimo local de compras", explica Yara Ohashi, diretora de Marketing do Hotéis.com.

Foram esses encantos que levaram a estudante de Direito Isabela Arbex, de 20 anos, a investir na Argentina para suas próximas férias, em julho. "Eu e meu namorado escolhemos ir para lá, primeiro porque está muito barato. Mas também porque todos falam das compras maravilhosas que podemos fazer lá."

Com R$ 300, é possível se hospedar em um hotel quatro-estrelas em Buenos Aires. Com o mesmo valor no Rio, em um até duas estrelas e em Nova York, até uma estrela.

Custo. A pesquisa também aponta que São Paulo - segunda cidade mais visitada do Brasil, atrás só do Rio - é a terceira cidade mais cara para se hospedar no País: a diária custa em média R$ 242. Mais caras, só Rio (R$ 314) e Búzios (R$ 306).

O custo da estada na capital paulista subiu 4% em relação a 2009 - o dobro do aumento mundial e quatro vezes o reajuste médio no Brasil. No entanto, o aumento mais expressivo de tarifas do País foi em Natal: 17%, com um custo médio de R$ 220.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.