Brasileiro preso na Suíça pede R$ 200 mil por ''condição desumana'' de celas

DIREITOS HUMANOS

, O Estado de S.Paulo

11 de abril de 2011 | 00h00

Um jovem brasileiro de 20 anos, preso desde 2009 em Genebra, na Suíça, acaba de entrar na justiça contra o Estado pedindo indenização por conta da condição considerada "desumana" da prisão. O jovem exige quase R$ 200 mil. O prisioneiro só foi identificado por "C".

O brasileiro foi condenado a três anos depois de ter violentado uma pessoa com uma faca. Ele acusa estar em uma prisão com capacidade esgotada. "Os detentos são obrigados a dormir três ou quatro em celas previstas para uma pessoa", afirmou a acusação ao Tribunal.

Na Suíça, a polêmica foi recebida com certa ironia, principalmente por membros do partido de direita, o UDC, que querem que estrangeiros cumpram penas de prisão em seus países.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.