Brasileira é suspeita de matar filho de 6 anos

A brasileira Adriana Cruz, de 41 anos, é acusada de asfixiar o filho Martín Vázquez, de 6, na casa de luxo onde moravam em San Elíseo, na Grande Buenos Aires. A mulher foi encontrada pela empregada no quarto, terça-feira, dopada e tentando se enforcar após fazer cortes nos braços. Na banheira estava o corpo do menino. Adriana teria matado o filho para se vingar do ex-marido, o empresário argentino Carlos Vázquez.

O Estado de S.Paulo

22 Março 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.