Brasileira é acusada de vandalismo na Rússia

A brasileira ativista do Greenpeace Ana Paula Maciel, de 31 anos, foi denunciada ontem pela Justiça russa com acusação de vandalismo pelos atos de protesto dos quais participou em plataforma petrolífera no país. A ativista está detida há dois meses. Inicialmente, as autoridades pretendiam indiciar os ativistas por pirataria, mas resolveram amenizar as acusações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.