Brasil terá cadastro de áreas de risco

Nove meses após a tragédia da região serrana do Rio, o governo federal determinou a criação de um cadastro nacional dos municípios com áreas de risco de deslizamento. Quem fizer parte do cadastro terá de seguir regras, como mapear áreas suscetíveis a escorregamentos de grande impacto e preparar plano de obras para redução de riscos.

O Estado de S.Paulo

14 Outubro 2011 | 03h03

As cidades terão também de criar mecanismos para impedir construções nas regiões de risco. Os detalhes estão em medida provisória publicada ontem no Diário Oficial da União.

A tragédia na região serrana foi a maior provocada por causas naturais no País. Os temporais deixaram 900 mortos e 345 desaparecidos. / LÍGIA FORMENTI

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.