Brasil enfrenta pressão total contra a Bulgária

Seleção precisa de uma vitória por 3 sets a 0 ou 3 sets a 1 para garantir vaga na fase final da Liga Mundial

, O Estado de S.Paulo

08 de julho de 2010 | 00h00

VARNA

O Brasil enfrentará pressão total nos confrontos decisivos da fase de classificação da Liga Mundial contra a Bulgária, hoje, às 14 horas de Brasília, e amanhã, às 12 horas, em Varna. Até o presidente Georgi Parvanov estará nas arquibancadas para prestigiar o time da casa.

A seleção comandada por Bernardinho precisa de apenas uma vitória por 3 sets a 0 ou 3 sets a 1 em um dos dois jogos para garantir a classificação para a etapa final, a ser disputada em Córdoba, Argentina, entre os dias 21 e 25 deste mês.

Se por um lado uma vitória pode resolver tudo, por outro, o retrospecto não favorece o Brasil. Até agora, a Bulgária, que com duas vitórias se classifica, não perdeu diante de sua torcida ? ganhou de 3 a 0 e 3 a 1 da Coreia do Sul e aplicou 3 a 0 duas vezes na Holanda. No Brasil, os búlgaros perderampor 3 a 1 e 3 a 2 em Uberlândia. Foram as duas únicas derrotas do time até agora.

A boa notícia para o treinador brasileiro é que poderá contar com o ponta Giba, recuperado de contratura nas costas. "Espero que a experiência do Giba, do Murilo, do Dante e do Rodrigão, e o espírito de luta do grupo, sejam os diferenciais, porque sofreremos uma grande pressão", avalia Bernardinho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.