Borracheiro é preso por atirar em cantor no Rio

O borracheiro Sérgio Menezes, de 48 anos, foi preso anteontem sob acusação de tentar matar, com um tiro de escopeta, o ex-vocalista do grupo Cidade Negra Sebastião Francisco Bernardo, o Ras Bernardo, de 49. Ras não corre risco de morte. O crime aconteceu na quarta, em Nova Iguaçu, no Rio. Menezes pedia indenização por um cavalo que morreu ao encostar na cerca elétrica de Ras.

O Estado de S.Paulo

04 de fevereiro de 2012 | 03h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.