Bonde volta a funcionar em Campos do Jordão

Passeio estava suspenso desde acidente com três mortos em dezembro; local do descarrilamento ainda está interditado

O Estado de S.Paulo

30 Maio 2013 | 02h04

Depois de seis meses sem bondinho na Estrada de Ferro Campos do Jordão, o serviço será oferecido novamente a partir de hoje e em todo o feriado de Corpus Christi. Os passeios foram interrompidos em novembro, quando um acidente matou três pessoas e feriu mais de 40.

Os passeios da Estação Emílio Ribas, em Campos do Jordão, à Estação Eugênio Lefévre, em Santo Antônio do Pinhal, tem a duração aproximada de 2h30. Durante o feriado, vão ser duas viagens por dia, às 10h e às 14h. O trecho onde o vagão descarrilou em novembro permanece interditado, entre Santo Antônio do Pinhal e Pindamonhangaba.

As causas do acidente continuam sendo investigadas pela Polícia Civil. A sindicância interna instaurada pela empresa responsável pelo serviço de transporte aponta que uma imprudência do maquinista teria causado o acidente, mas o funcionário contesta.

Expectativa. A Secretaria de Turismo de Campos do Jordão espera receber cerca de 200 mil turistas durante o feriado prolongado. Todos os hotéis e pousadas já estão lotados, segundo a prefeitura.

No bairro Capivari, onde há maior concentração de turistas, atraídos pelos bares, lojas e restaurantes, os comerciantes vêm registrando aumento gradativo no movimento desde o início de maio, mês em que os termômetros chegaram a registrar -1°C. / GERSON MONTEIRO E REGINALDO PUPO, ESPECIAIS PARA O ESTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.