Bombeiros tentam resgatar vítima de soterramento em SP

Casa no Butantã desabou em função das chuvas na cidade. Ainda não há informações sobre estado da vítima

Priscila Trindade, Central de Notícias

23 Janeiro 2010 | 16h22

O Corpo de Bombeiros tenta resgatar na tarde deste sábado, 23, uma pessoa que ficou soterrada no Jardim Celeste, no Butantã, na zona oeste de São Paulo.

 

De acordo com a corporação, a casa onde a vítima mora desabou em razão das chuvas que atingem a cidade. Quatro viaturas foram enviadas para a Rua Margarida Izar, na altura do número 600. Ainda não há informações sobre o estado de saúde da vítima.

 

TEMPO

A cidade de São Paulo saiu do estado de atenção às 15h40 de hoje, quase duas horas depois de entrar nessa situação. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura, por volta das 16 horas, existiam sete pontos de alagamentos, todos transitáveis.

 

Os alagamentos estão localizados na Marginal do Pinheiros, na altura da Ponte Cidade Universitária, na pista expressa, sentido Interlagos; Viaduto José Colasuanno, sentido centro; Praça Marrey Júnior, perto da Avenida Sumaré, em direção ao centro da cidade; Rua João Pereira, perto da Rua John Harrison, sentido bairro; Rua Ricardo Cavatton com a Rua Capitão José Inácio do Rosário, sentido bairro, Avenida Nove de Julho, junto da Avenida Cidade Jardim, no sentido bairro e Marginal do Pinheiros, na altura da Ponte Eusébio Matoso, sentido Rodovia Castelo Branco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.