JF Diorio/AE
JF Diorio/AE

Bombeiros tentam controlar fogo em escola de samba em SP

Cinco viaturas foram para o local às 14h30, na Avenida Nicola Boer, embaixo do Viaduto Pompeia

Bruno Ribeiro e Priscila Trindade, O Estado de S.Paulo e estadão.com.br,

09 de janeiro de 2012 | 15h13

SÃO PAULO - O Corpo de Bombeiros tenta controlar um incêndio que começou por volta das 14h30 no barracão da escola de samba Mocidade Alegre.

O barracão, que fica embaixo do Viaduto Pompeia, foi completamente destruído pelo fogo. O viaduto foi interditado e não há previsão de liberação -parte de sua estrutura foi atingida pelo incêndio. 

A maioria do material destruído no incêndio era do desfile da escola do ano passado, segundo integrantes da agremiação. Pelo menos quatro carros alegóricos foram retirados do barracão antes de serem consumidos pelas chamas.

Colmeia. Trabalhadores que estavam no local disseram ao Estado o incêndio começou depois que uma equipe que fazia carpinagem na região tentou espantar uma colmeia de abelhas com fogo. As chamas atingiram uma árvore e, na sequência, a parede do barracão.

Cerca de 40 pessoas trabalhavam na escola na hora e não há informações sobre feridos.

Seis viaturas - num total de 18 homens - foram para o local às 14h30, na Avenida Nicola Boer, embaixo do Viaduto Pompeia. Não há informação de feridos. Uma equipe da Eletropaulo também foi enviada ao local.

 

O texto foi atualizado às 16h36 para correção de informações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.