Bombeiros procuram vitimas da chuva na zona leste de SP

Indignados, moradores protestam incendiando e apedrejando dois ônibus

Ricardo Valota, da Central de Notícias,

04 Fevereiro 2010 | 03h16

Os bombeiros suspenderam as buscas de duas pessoas que estariam desaparecidas em razão da chuva na zona leste de São Paulo. Uma senhora de 72 anos e um menino, de 11, estariam desaparecidos desde o início da noite de quarta-feira, 3, após, segundo moradores da favela da Vila Guarani, região de Cidade A.E.Carvalho, serem arrastados pela enxurrada que se formou com o transbordamento do córrego Jacupeval, que passa pela avenida Caititu, onde fica a favela.

 

Os trabalhos de busca devem ser reiniciados ao amanhecer. Várias pessoas, entre elas crianças, ficaram ilhadas e foram resgatadas pelos bombeiros.

 

Segundo a Defesa Civil Municipal, algumas residências localizadas na rua Agreste de Itabaiana, na mesma região, vieram abaixo, mas não houve feridos graves.

 

Manifestação

 

Dois ônibus, de prefixos 33900 e 33910, da Viação Itaim Paulista (VIP) Transportes, foram alvo da fúria de cerca de 50 moradores da região atingida pelo transbordamento do córrego. Os coletivos foram parados pelos manifestantes na rua Flor da Esperança. Um dos veículos foi incendiado; o outro, apedrejado. Nenhum passageiro ficou ferido.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.