Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Bombeiros encontram mais ossos no subsolo de prédio que desabou no centro em SP

Restos mortais foram localizados em uma área profunda que foi acessada apenas nesta madrugada; tudo indica que sejam ossos de uma terceira vítima

Isabela Palhares, O Estado de S.Paulo

09 Maio 2018 | 12h37

SÃO PAULO - Os bombeiros encontraram por volta das 11h da manhã desta quarta-feira, 9, partes de ossos de uma nova vítima no subsolo do prédio Wilton Paes de Almeida. Segundo o capitão Marcos Palumbo, os restos mortais foram encontrados em uma área profunda que pode ser acessada apenas nesta madrugada o que indica que sejam ossos de uma terceira vítima. 

"Escavamos o subsolo, local que até então não tínhamos encontrado nenhum vestígio humano. Não eram [restos mortais já  encontrados ] porque esse é um local muito mais profundo", diz Palumbo. Os ossos encontrados são da coluna vertebral e da pelve. Eles estão muito fragmentados por causa do impacto  dos escombros na vítima. 

+++Ossos encontrados em escombros são de homem adulto; IML fará exames

Os restos mortais já foram encaminhados para análise do Instituto Médico Legal (IML). "Só o IML pode identificar se são de um homem, uma mulher, uma criança, de uma ou mais pessoas. No local, nós não temos condições de afirmar de quem são".

+++Dá vontade de cavar com a mão até achá-la, diz irmão de desaparecida em desabamento

Os ossos foram localizados pela cachorra Vastim. As buscas foram intensificadas e continuam pela região do subsolo. "É uma área em que os destroços estão altamente compactados. Alcançamos três metros de profundidade da parte subterrânea e sabemos que ela tem no total 6 metros".

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.