Bombeiros controlam incêndio na região onde caiu avião da TAM

Ainda não há, no entanto, previsão para o término do resgate, diz capitão

17 de julho de 2007 | 23h40

Bombeiros já controlam o incêndio na região onde o Airbus A320 da TAM caiu em São Paulo por volta das 19 horas desta terça-feira, 17. Ainda não há, no entanto, previsão para o término do resgate. "Estamos com trabalhos de combate a incêndio e de busca e ainda vai levar um certo tempo", afirmou o capitão Mauro Lopes, porta-voz do Corpo de Bombeiros. Veja também:O local do acidenteOs piores desastres aéreos do BrasilGaleria de fotosTudo sobre o acidente da TAMDe acordo com Lopes, quando as primeiras equipes de resgate chegaram, 13 pessoas foram socorridas com vida do prédio da TAM Express, atingido com a queda do avião, mas duas acabaram morrendo nos hospitais Dante Pazzanese e Jabaquara. Um posto do Instituto Médico Legal (IML) foi montado ao lado do prédio, para "agilizar a perícia dos corpos". No local há 70 carros e mais de 220 bombeiros.   O Airbus A320 da TAM procedente de Porto Alegre, com 176 pessoas a bordo, derrapou, por volta das 19 horas, no Aeroporto de Congonhas, atravessou a Washington Luiz e bateu num prédio da companhia aérea num posto de gasolina do outro lado da avenida.

Tudo o que sabemos sobre:
vôo 3054

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.