Bombeiros acham no mar corpos de 2 irmãos

Os corpos dos irmãos Rafael, de 9 anos, e Rafaela, de 8, que desapareceram no Rio Ribeira de Iguape no início da tarde de sexta-feira, foram encontrados na Praia do Leste, em Iguape, litoral sul do Estado de São Paulo, ontem. Os bombeiros de Ilha Comprida usaram um bote inflável para recolher os corpos.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, SOROCABA, O Estado de S.Paulo

05 de novembro de 2012 | 02h04

As crianças brincavam em um trecho próximo do encontro do rio com o mar, quando foram arrastadas pela correnteza. A mãe tentou socorrer os filhos e também foi levada pelas águas. O pai das crianças ainda conseguiu resgatar a mulher com vida, mas ela morreu no Pronto-Socorro de Iguape.

A família tinha saído de Juquitiba, na Região Metropolitana de São Paulo, para passar o feriado prolongado no litoral sul.

Informados da tragédia, os bombeiros de Iguape e Ilha Comprida iniciaram as buscas no mesmo dia. Como havia chovido durante a semana, o rio estava com o nível acima do normal. No local, o rio tem correnteza e buracos no leito.

As buscas continuaram durante todo o sábado. Os corpos dos irmãos foram localizados ontem, um perto do outro, boiando na praia.

Enterro. Após o resgate, os corpos foram levados para o Instituto Médico-Legal de Pariquera-Açu. O sepultamento deve ocorrer hoje em Juquitiba. Por causa da troca de plantão no feriado prolongado, a Polícia Civil de Iguape não tinha ontem a identidade completa das vítimas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.