Bombeiro é morto após briga em casa de shows

O bombeiro municipal William Genaro, de 29 anos, foi morto a tiros na madrugada de ontem, quando participava de show sertanejo em uma casa noturna de Boituva, a 115 km de São Paulo. O autor dos disparos fugiu e não tinha sido identificado até o fim da tarde. Os dois haviam discutido, momentos antes, no interior do estabelecimento. Segundo testemunhas, após a discussão, eles saíram para a rua, o acusado sacou uma pistola e atirou. Três tiros atingiram Genaro, que chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

O Estado de S.Paulo

08 de junho de 2012 | 03h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.