Bolívia anistia 128 mil carros contrabandeados

Terminou ontem o prazo de 15 dias concedido pelo presidente boliviano Evo Morales para que veículos contrabandeados fossem legalizados no país, o que beneficiou 128.059 carros, segundo contagem oficial. O número é 12 vezes maior do que o previsto. A polêmica lei visa reduzir a entrada de veículos ilegais, de forma a aumentar a arrecadação de impostos.

, O Estado de S.Paulo

03 Julho 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.