Bolada de novo milionário é maior que PIB de cidade

Apostador de Fontoura Xavier (RS), cujo Produto Interno Bruto é de R$ 80 milhões, ganhou R$ 119 milhões na Mega-Sena

Elder Ogliari / PORTO ALEGRE, O Estado de S.Paulo

08 de outubro de 2010 | 00h00

A informação de que uma aposta simples feita na única lotérica da cidade ganhou o maior prêmio individual da história das loterias no Brasil movimentou ontem a pacata Fontoura Xavier, a 180 quilômetros de Porto Alegre.

Embora quase todos os 11,1 mil habitantes do município tenham passado a quinta-feira se perguntando quem é o felizardo que vai embolsar o prêmio de R$ 119 milhões do concurso 1.220, ele não apareceu. Como quase todos se conhecem, vizinhos desconfiam de vizinhos, que poderiam estar escondendo a condição de milionário.

É possível até que o ganhador seja um dos tantos forasteiros que param na cidade - cortada pela BR-386, principal via de escoamento da produção agrícola do Estado - para se alimentar, reabastecer carro ou caminhão ou descansar. Agora, o felizardo pode retirar o prêmio em qualquer agência da Caixa Econômica Federal pelo País.

Mas também é possível que o sortudo seja um agricultor que não tenha circulado na zona urbana durante o dia. Cerca de 70% dos moradores do município vivem na área rural. O novo milionário terá 90 dias para reivindicar o prêmio. Caso não se apresente, todo o dinheiro será revertido para os projetos sociais do governo.

Desde que a localidade do planalto gaúcho se emancipou de Soledade, nos anos 1960, ninguém ficou rico na região. É o que reclamam os fontourenses antigos. Mas ontem o ponto mais movimentado da pequena cidade era a Boa Sorte Loterias - cujo maior prêmio concedido anteriormente havia sido de R$ 20 mil, na Lotomania, em 2002.

O local ficou cercado por jornalistas e curiosos e o estabelecimento aproveitou para colocar uma faixa comemorativa na fachada. "Desde o amanhecer, tudo está diferente por aqui, com povo se aglomerando na frente", descreveu o dono, Paulo Sérgio Pedroso, que admitiu até ter recebido alguns trotes durante o dia, de pessoas que se diziam ganhadoras do prêmio.

Moradores que saíram em viagem se tornaram os mais citados como possíveis afortunados. "Mas os que eu sabia que haviam saído já voltaram", comentou, no fim da tarde, Pedroso, que também garantiu que o prêmio foi para uma aposta individual de seis números. "Não temos bolões."

Pontes. "A notícia mudou a rotina da cidade", relata o prefeito José Flávio Godoy da Rosa (PT). A preocupação dele, agora, é oferecer segurança para que o ganhador use "seus recursos" na cidade. "Se ele ficar vivendo aqui, gostaríamos que investisse alguma coisa no município", revela. A reconstrução de duas pontes, que ligam Fontoura Xavier aos municípios de Barros Cassal e Progresso, por exemplo, está orçada em R$ 8 milhões.

O orçamento da prefeitura, de R$ 14 milhões por ano, é pouco superior a 10% do que vai ganhar o acertador da Mega-Sena. A economia é extremamente vinculada, de acordo com o prefeito, à lavoura de fumo, cultivo de erva-mate e suinocultura.

Essa reconstrução de pontes serviria para impulsionar a economia local. O prêmio de R$ 119 milhões é maior do que todos os dados econômicos de Fontoura Xavier. O município tem Produto Interno Bruto (PIB) próximo de R$ 80 milhões. Ali até programas sociais servem para empurrar a economia: a renda dos 1.180 beneficiados pelo Bolsa-Família e dos aposentados é bastante significativa no comércio.

PONTOS-CHAVE

Sortudo

Estima-se que a chance de um apostador ganhar sozinho na Mega-Sena, com uma aposta simples de seis dezenas, é de uma em cerca de 50 milhões.

Divisão 54%

da renda de todas as loterias legalizadas no Brasil vai obrigatoriamente para

programas sociais

Onde fica

Fontoura Xavier, terra do maior milionário da Mega-Sena, fica a 180 km de Porto Alegre. O município é sede da Cerfox, empresa que fornece energia elétrica a 36 municípios do interior do RS

O maior da história

O recorde das loterias na América Latina é do concurso 1.140 da Mega, de 31 de dezembro. Foram arrecadados R$ 435 milhões e dois ganhadores levaram R$ 144,9 milhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.