Acervo Estadão
Acervo Estadão

Boa localização e ruas arborizadas valorizam o bairro da Saúde

Grande salto da região aconteceu na década de 70 com a chegada do metrô. Hoje o bairro é servido por três estações

O Estado de S. Paulo

18 Dezembro 2014 | 13h12

Bem localizado, o bairro da Saúde se beneficia da proximidade com a queridinha Vila Mariana e a valorizada Vila Clementino. No século 18, a região era apenas um caminho de passagem para os tropeiros e se chamava Cruz das Almas. Isso porque, reza a lenda, dois irmãos haviam sido assassinados por ladrões no local e uma cruz foi colocada ali em homenagem. 

Em 1910, a Capela de Santa Cruz foi erguida no bairro – entre as ruas Santa Cruz e Domingos de Morais – e não demorou muito para ser elevada à condição de paróquia. 

Já sob o nome de Nossa Senhora da Saúde, teve o início em 1928 a construção de uma grande igreja e ao seu redor foram surgindo novas moradias, principalmente de imigrantes japoneses e alemães, recém-chegados ao País. Antes disso, o bairro passou a ser conhecido pelo nome da santa padroeira e logo foi abreviado para Saúde, segundo registro de 1925. 

Ainda no século 19, a Prefeitura reservou uma grande área denominada Bosque da Saúde, frequentado nos fins de semana para passeios e piqueniques. No entanto, em 1930, as terras foram divididas e mais tarde loteadas e urbanizadas pela Companhia City. 


O grande salto da região aconteceu na década de 70 com a chegada do metrô. Há 40 anos, a Saúde foi um dos primeiros a serem contemplados com uma estação da Linha 1-Azul, que liga Jabaquara a Santana. Hoje o bairro é servido por três estações: São Judas, Saúde e Praça da Árvore, além da Santa Cruz, que é bem próxima do bairro.

Com o metrô, começaram a chegar à região os grandes edifícios, os estabelecimentos comerciais e a infraestrutura de serviços. O Shopping Plaza Sul, principal centro de comércio do bairro, foi inaugurado em 1994, com 278 lojas. A área de mais de cem mil metros quadrados ainda possui três salas de cinema. 

De ruas arborizadas, o bairro da Saúde não tem parques, mas está próximo ao Ibirapuera. Outra característica marcante é a grande concentração da colônia japonesa na região, assim como na Liberdade e na Aclimação. Um passeio para toda família nos arredores da Saúde é o Zoológico de São Paulo, onde também é possível visitar o Jardim Botânico e o Parque de Ciência e Tecnologia. 

Pela região passam vias importantes, como as Avenidas Doutor Ricardo Jafet, Professor Abraão de Moraes, dos Bandeirantes, Engenheiro Armando de Arruda Pereira, Moreira Guimarães e Rubem Berta, que ajudam na mobilidade de seus moradores na hora que precisam se deslocar. Outro atrativo é a proximidade com o Aeroporto de Congonhas. 

Mais conteúdo sobre:
bairrossp Saúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.