BNDES libera R$ 1 bilhão para compra de novos trens na Linha 8 da CPTM

Com investimento, frota para a linha que liga as estações Júlio Prestes e Itapevi chegará a 288 carros

O Estado de S. Paulo,

10 Março 2011 | 19h04

RIO - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou um financiamento de quase R$ 1 bilhão para a aquisição de 36 novos trens para o sistema de transporte metropolitano de São Paulo. O banco informou nesta quinta-feira, 10, a aprovação pela diretoria de um crédito de R$ 948,9 milhões para o consórcio CTrens Companhia de Manutenção, que vai executar o projeto de fornecimento e manutenção de trens em São Paulo, uma parceria público-privada com prazo de 20 anos e investimento total de R$ 1,5 bilhão.

 

Com os novos trens, a frota da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) para a linha 8-Diamante (Júlio Prestes-Itapevi) atingirá 288 carros. A linha concentra 20% do total de usuários da companhia e serve a região oeste da Grande São Paulo.

 

Segundo o BNDES, os investimentos permitirão a redução dos intervalos entre os trens no sistema e o aumento da capacidade em cerca de 1,6 milhão de passageiros diários, chegando a um total de 7 milhões de pessoas transportadas por dia útil até 2014.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.