Bloqueio para PMs em carro clonado

Houve uma chacina em Itaquaquecetuba; dois morreram e dois ficaram feridos em confrontos no ABC e na zona leste

WILLIAM CARDOSO , RICARDO VALOTA, O Estado de S.Paulo

22 Novembro 2012 | 02h06

A onda de violência que atinge a capital e a Região Metropolitana de São Paulo teve entre terça-feira e ontem mais uma noite com muitas mortes. Pelo menos dez pessoas foram assassinadas, três em uma chacina em Itaquaquecetuba. Treze pessoas ficaram feridas depois de serem baleadas.

Guilherme Roberto Dias Caparrão, de 24 anos, Elias Tavares da Silva, de 33, e Wallace Rodrigues dos Santos, de 16, foram baleados e mortos, por volta das 23h30, na frente de um bar na Rua Itapevi, no bairro Manoel Feio, em Itaquaquecetuba. Um adolescente de 15 anos, que também foi atingido pelos criminosos, conseguiu correr por uma viela e sobreviveu ao ataque. Ele foi levado até o Hospital Santa Marcelina, onde permanecia internado até a noite de ontem.

Segundo testemunhas ouvidas por policiais militares que atenderam a ocorrência, pessoas desconhecidas passaram em um carro e uma moto atirando contra as vítimas, que não tiveram chance de defesa. O caso foi registrado na Delegacia de Itaquaquecetuba.

Motoqueiros. Em Guarulhos, no Jardim Vera, cinco pessoas foram baleadas por homens que estavam em duas motos, por volta das 21h30. Uma delas morreu, três permaneciam internadas e uma recebeu alta. O caso foi registrado posteriormente no 1.º Distrito Policial de Guarulhos.

Em Osasco, três pessoas foram baleadas e mortas. No começo da madrugada, dois adolescentes, de 12 e 15 anos, foram atingidos por desconhecidos na Avenida Sport Club Corinthians Paulista, no Jardim Santo Antonio. No local, segundo a polícia, funcionaria um ponto de uso e tráfico de drogas. As vítimas foram levadas para o pronto-socorro do bairro, onde morreram.

Também em Osasco, por volta das 3 horas da manhã de ontem, um rapaz de 28 anos foi encontrado ao lado de uma picape incendiada no Jardim Elvira. Ele foi levado ao pronto-socorro, onde morreu.

Na capital paulista, três homens foram baleados por desconhecidos na Rua Sebastião Martins, travessa da Rodovia Raposo Tavares, na zona oeste. Um deles foi levado ao pronto-socorro do Hospital Bandeirantes, onde chegou morto.

Polícia. Dois suspeitos morreram e outros dois ficaram feridos em confrontos com a polícia nas cidades de Diadema, no ABC, Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo, e no Parque São Rafael, zona leste.

Por volta da 1 hora de ontem, um assaltante foi baleado por um policial civil na Avenida Conceição, região central de Diadema, no ABC. Ao testemunhar um taxista sendo atacado pelo criminoso, o policial interveio. O assaltante, mesmo baleado, conseguiu fugir.

Em Ferraz, na noite de anteontem, um homem armado com uma metralhadora artesanal trocou tiros com policiais militares do 32º Batalhão e morreu. Também na terça à noite, no Parque São Rafael, o PM Ricardo Santos foi vítima de uma tentativa de assalto na Avenida Sargento Iracitan Rodrigues.

Ao reagir à ação dos dois assaltantes, ambos adolescentes, o policial foi ferido na cabeça e em uma das pernas. Acionada, a PM localizou a dupla na Rua Bento Ribeiro, no Jardim Santo André, onde os menores foram baleados. Ambos foram levados para o pronto-socorro do Hospital Geral de São Mateus, onde um morreu. O caso foi registrado no 49.º Distrito Policial (localizado em São Mateus).

Cinco policiais militares de Goiás foram presos ontem pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Bady Bassitt, na região de São José do Rio Preto, interior paulista. Eles estavam em um carro clonado com munição, medicamento ilegal e produtos eletrônicos contrabandeados do Paraguai. A ação fez parte dos bloqueios realizados pelo governo paulista, em parceria com o Ministério da Justiça, para evitar a entrada de armas e drogas no Estado de São Paulo.

Os PMs estavam em uma caminhonete Chevrolet S-10 com a mesma numeração de motor de um veículo furtado em Goiânia.

À tarde, a PRF apreendeu 9 mil comprimidos de ecstasy e de medicamentos em outra ocorrência na região.

Na Rodovia Fernão Dias, em Vargem, foram apreendidos 16,8 quilos de pasta base de cocaína. Na fronteira com o Mato Grosso do Sul, a Polícia Rodoviária Estadual encontrou material de pesca, brinquedos, máquinas de cortar cabelo e medicamentos irregulares. / W.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.