Bloco de carnaval faz desfile antiviolência

Cerca de cem pessoas se reuniram ontem no Cordão da Mentira, bloco carnavalesco que protesta contra a violência cometida pelo Estado. O bloco desfilou pela região central da capital e passou pela antiga sede do Departamento de Ordem Política e Social (Dops) e pela Secretaria de Segurança Pública. O desfile terminou na Praça da Sé. Os 20 anos do massacre do Carandiru e a retirada de moradores de rua da frente da Faculdade de Direito do Largo São Francisco pela Guarda Civil Metropolitana foram lembrados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.