Blitze multam 374; apenas 1 bar, em Mogi, foi fechado

As blitze antifumo multaram 374 estabelecimentos na capital desde que a restrição do cigarro em lugares públicos passou a vigorar, em agosto de 2009. No Estado, foram autuados 736 bares. Apenas um, em Mogi das Cruzes, foi fechado porque foi multado mais de uma vez. No mesmo período, houve 322 mil ações de fiscalizações. Estabelecimentos da zona sul da capital foram os mais multados, com 105 autuações. Depois, os do centro (78), zona leste (74), norte (67) e oeste (50). Amanhã, a lei comemora um ano de sanção.

, O Estado de S.Paulo

06 de maio de 2010 | 00h00

Para o governador Alberto Goldman (PSDB), fumante declarado, a população se tornou fiscal da lei. "O Estado não teria como fiscalizar tudo." A multa por descumprimento é de R$ 821, que dobra na segunda vez. Na terceira, fecha-se o estabelecimento por 48 horas e, na quarta, por um mês. O local só é liberado quando se adequar à legislação. Quem quer informar sobre o descumprimento da lei pode ligar para 0800-771-3541 ou acessar www.leiantifumo.sp.gov.br. / LUIZ GUILHERME GERBELLI

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.