DIvulgação
DIvulgação

Blitz da Vigilância Sanitária fecha balada clandestina em São Paulo

Mais de 50 pessoas estavam na casa noturna. No local, muitos frequentadores estavam aglomerados e não usavam máscara

Redação, O Estado de S.Paulo

21 de março de 2021 | 11h54

Uma balada clandestina com 55 pessoas foi interrompida em Interlagos, na zona Sul de São Paulo, na madrugada deste domingo, 21. A operação da Vigilância Sanitária, do Procon e das polícias Civil e Militar aconteceu na casa noturna El Divino  

A casa noturna não poderia estar funcionando durante a fase emergencial do Plano São Paulo de combate à covid. No local, os frequentadores se encontravam aglomerados e estavam sem máscara. O responsável pelo evento foi autuado pelo Procon e pela Vigilância Sanitária Estadual. 

As ações do Comitê de Blitze, por meio da Vigilância Sanitária Estadual, também autuaram e interditaram uma loja de cosméticos, uma de vestuário e outra de departamentos na noite do último sábado, 20, nos bairros da Liberdade, Penha e Vila Madalena. As lojas são de serviço não essencial e descumpriram as normas sanitárias e as restrições de circulação do Plano São Paulo. No total, 36 estabelecimentos foram inspecionados.  

O Comitê de Blitz, criado no último dia 12 em conjunto com a Prefeitura de São Paulo, tem como objetivo reforçar as fiscalizações e o cumprimento das medidas restritivas implementadas na Fase Emergencial. Desde o dia 1º de julho de 2020 a 15 de março de 2021 a Vigilância Sanitária Estadual realizou 220.808 inspeções e 4.679 autuações. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.