Blitz contra fraudes em carros trava o trânsito de SP

Às 15h30, horário em que o trânsito costuma ser tranqüilo, paulistano enfrentava 153 km de lentidão

22 de novembro de 2007 | 15h56

Uma megaoperação feita pela Polícia Militar em vários pontos da cidade, com o objetivo de tirar de circulação veículos que foram irregularmente licenciados em outras cidades, faz o o paulistano enfrentar um dos dias de congestionamento e lentidão mais intensos do ano. Às 15h30 desta quinta-feira, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrava 153 quilômetros de congestionamento nas ruas de São Paulo.   A blitz está espalhada por vários pontos da cidade e tem o objetivo de encontrar carros que sejam emplacados em outras cidades, com o objetivo de burlar a fiscalização do pagamento de tributos, multas e outras taxas. A PM não informou onde estavam os pontos da blitz, para não atrapalhar o andamento da operação.   O motorista enfrenta lentidão em diversos pontos da cidade. Os principais estão concentrados nas Marginais do Pinheiros e do Tietê. No Sentido Castelo Branco, a Marginal do Tietê 19 quilômetros de congestionamento. A Marginal do Pinheiros enfrenta trânsito carregado a partir do acesso a Castelo Branco, até a Ponte Cidade Universitária.   Outro ponto em que o trânsito está intenso é no Corredor norte-sul. No sentido aeroporto, a situação é crítica entre as Avenidas 23 de Maio e Tiradentes. A Radial Leste também enfrenta lentidão, no trecho da região central da cidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.