Bingo da Avenida Adolfo Pinheiro é fechado novamente

Segundo a subprefeitura de Santo Amaro, estabelecimento não tinha alvará de funcionamento

Solange Spigliatti, estadao.com.br

23 de setembro de 2008 | 17h45

A subprefeitura de Santo Amaro emparedou o Bingo Santo Amaro, localizado na Avenida Adolfo Pinheiro, na manhã desta terça-feira, 23, por falta de alvará de funcionamento. O local já havia sido fechado anteriormente, no último dia 12, com dois blocos de concreto de aproximadamente 300 quilos cada, pelo mesmo motivo.  Desta vez o bingo teve uma entrada da frente emparedada e outra nos fundos lacrada com adesivo, pois foi constatado o desrespeito ao fechamento anterior realizado pela Subprefeitura. A ação de hoje contou com apoio da Guarda Civil Metropolitana e da Polícia Militar. A Prefeitura de São Paulo não expede licença de funcionamento para a atividade de bingo, que portanto é considerada ilícita pelo Município. Em agosto de 2006 a empresa apresentou uma liminar judicial que garantia o funcionamento do local. Em junho de 2007 a liminar foi cassada pela Prefeitura e desde essa data a empresa fechou as portas.  No dia 1º de setembro de 2008 a Subprefeitura de Santo Amaro constatou a reabertura da casa. A empresa foi, então, multada em R$ 9 mil e intimada a fechar as portas. Porém, os responsáveis pela empresa apresentaram um 'mandato de notificação'. No entanto, a Secretaria de Negócios Jurídicos verificou que o documento não impede a adoção de medidas administrativas com relação à ausência de licença de funcionamento, o que garantiu o procedimento de fiscalização hoje.

Tudo o que sabemos sobre:
SubprefeituraSanto Amarobingo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.