Bimotor cai em São José dos Campos e 2 pessoas ficam feridas

Piloto avisou aeroporto que faria um pouso forçado e bombeiros foram acionados para o resgate

Simone Menocchi,

26 de novembro de 2007 | 19h54

Um bimotor Cessna 411, prefixo PTWEK, caiu nesta segunda-feira, 26, próximo ao aeroporto de São José dos Campos, no Vale do Paraíba, quando tentava um pouso forçado. A queda aconteceu por volta das 17h45 e duas pessoas tiveram ferimentos leves. O bimotor, que seguia do Campo de Marte para a cidade de Parati, no Litoral Fluminense, começou a ter problemas pouco depois de decolar. Antes de chegar a São José dos Campos, o piloto fez contato com a torre de comunicação do aeroporto de São José dos Campos avisando que estaria com pane em um dos motores e faria um pouso forçado. Neste momento, a torre tocou o sinal de emergência acionando os bombeiros da Aeronáutica, que foram até o local para esperar o bimotor.  Apesar dos esforços do piloto, a aeronave se chocou com o chão, a cerca de 500 metros da cabeceira 15 do aeroporto, provocando a explosão. Segundo testemunhas, uma grande bola de fogo se formou, mas por causa do trabalho preventivo dos bombeiros, o piloto e o passageiro conseguiram ser salvos. Chovia muito no momento da explosão. As vítimas, que não tiveram os nomes revelados, tiveram ferimentos leves e foram socorridas ao Hospital Municipal de São José dos Campos. O avião ficou totalmente destruído. Cerca de dez homens do Corpo de Bombeiros trabalharam no resgate.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.