Bilhete único: Metrô vai contratar mais empresas

A Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) vai abrir hoje processo para contratar mais duas empresas para vender créditos para o bilhete único. Há duas semanas, 17 estações - das 58 existentes - estão sem sistema para recarga dos cartões por causa de dívidas entre a empresa contratada pela função, a Serviços Digitais, com a São Paulo Transporte.

O Estado de S.Paulo

29 de novembro de 2012 | 02h02

Segundo o Metrô, as vencedoras vão trabalhar também em outras estações - cuja relação não foi divulgada - em que a Serviços Digitais trabalhava em parceria com concessionárias.

Ainda não há, porém, prazo para que os processos de contratação das empresas acabe. "O Metrô orienta os passageiros que durante esse processo licitatório realizem recargas em outras 46 estações metroviárias, casas lotéricas, bancas de jornais e demais estabelecimentos comerciais credenciados. No site da SPTrans (www.sptrans.com.br), é possível consultar mais de 10 mil pontos de recarga credenciados para recarga do bilhete único", diz a companhia, em nota. / B.R.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.