Bilhete Único Mensal deve chegar no segundo semestre, estima Prefeitura

O secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto, afirmou que cadastramento de interessados começará em abril; cartão também pode ganhar integração com sistema bancário e recurso de biometria

Artur Rodrigues, O Estado de S. Paulo

22 Janeiro 2013 | 13h05

SÃO PAULO - O secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto,  afirmou nesta terça-feira, 22,  que começará em abril o cadastramento para os interessados no Bilhete Único Mensal, promessa de campanha do prefeito Fernando Haddad (PT). A Prefeitura estima que essa modalidade de carregamento deve funcionar a partir do segundo semestre deste ano.

O governo do Estado sinalizou que deve aderir ao projeto, incluindo o Metrô no sistema. A companhia, no entanto, faz estudos na tecnologia do Bilhete Único para avaliar como isso seria feito.

Tatto também afirmou que a Secretaria Municipal de Transportes está estudando como fazer a integração entre o sistema do Bilhete Único e o bancário - dessa maneira, o passageiro poderia carregar o seu bilhete pelo seu cartão de banco.

Entre outras mudanças anunciadas, também está a criação do sistema de biometria nos cartões do Bilhete Único. Segundo Tatto, a população terá de utilizar o cartão e a impressão digital como forma de evitar fraudes.

Mais conteúdo sobre:
bilhete, mensal, único

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.