Bike e comida: o melhor de SP para turista

Site de viagens escolhe os roteiros 'top 5' da cidade, que vão de pedaladas no centro histórico a tours por docerias e restaurantes

EDISON VEIGA, O Estado de S.Paulo

01 Fevereiro 2015 | 02h02

O TripAdvisor, maior site de viagens do mundo, acaba de divulgar o ranking com as melhores atrações de São Paulo - de acordo com avaliações dos visitantes ao longo de 2014. Segundo o levantamento, os cinco melhores passeios da cidade são, pela ordem: o Urban Bike, o Taste of São Paulo, o Savor São Paulo, o Rent a Local Friend e o Personal Tour.

Criado há um ano e meio, o Urban Bike já levou mais de 300 "cicloturistas" para conhecer a capital paulista. A ideia partiu de uma dupla de amigos, o jornalista e empresário João Tejan Junior e o guia turístico Renato Góes, que eram "ciclistas de fim de semana".

Os passeios saem três vezes por semana e custam de R$ 55 a R$ 70 (incluindo bicicleta, capacete e garrafinha de água). "O passeio básico é o do centro histórico, com passagens pela Liberdade, Praça da Sé, Pátio do Colégio, Mosteiro de São Bento, Teatro Municipal...", enumera Tejan Junior.

A segunda e a terceira posições da lista do TripAdvisor são ocupadas por serviços que levam o turista para conhecer uma das principais riquezas paulistanas: a comida. O Taste of São Paulo - que atualmente não oferece o calendário com os tours, informando que, no momento, realiza apenas passeios privados sob consulta - foi criado para difundir a crença de que "comer é a forma mais autêntica e divertida de explorar uma cidade", conforme o manifesto publicado em seu site. Entre os roteiros estão Mercadão, centro e Jardins.

Por R$ 50 (com degustações, água e café incluídos, além de guia), é possível conhecer uma amostra gastronômica paulistana com a turma do Savor São Paulo. São duas versões: a Sweet Savor leva o turista para uma maratona açucareira. O passeio tem visitas a cinco ou até sete docerias da cidade. A segunda opção do Savor São Paulo é o Gourmet Tour - hoje desativado, mas deve retornar ainda neste semestre -, que proporciona ao visitante experimentar pratos de quatro restaurantes em uma mesma noite.

"Em todos os estabelecimentos, somos recebidos pelo proprietário ou pelo gerente, que conta a história do local e explica um pouco sobre o que vai ser servido", afirma a turismóloga Paula Castanho, sócia do empreendimento. "Em breve, devemos ter também um tour 'de brasilidade', no qual levaremos estrangeiros para experimentar produtos tipicamente nacionais, como feijoada, pão de queijo, coxinha e caipirinha."

Variedade. Os dois serviços elencados na sequência proporcionam visão mais generalista da cidade. Rent a Local Friend foi criado há seis anos e apresenta um catálogo de "amigos de aluguel" - os preços variam conforme o perfil. Não são guias profissionais e, por isso, podem apresentar ao turista uma visão real de São Paulo, como moradores da cidade.

Ao contrário do Rent a Local Friend, que privilegia caminhadas a pé e o transporte público, o Personal Tour é baseado em guias-motoristas. Mas há flexibilidade. "Temos roteiros que servem como base para o turista, até porque muitos não conhecem nada sobre a cidade. Mas nossa equipe está preparada para adaptar os passeios de acordo com os gostos de cada um", diz o empresário Ernesto Fernandes Rosa Neto, proprietário do Personal Tour. Os passeios custam a partir de R$ 350.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo Turismo Bike

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.