Beltrame defenderá que bicho continue proibido

O secretário de Segurança do Rio, José Mariano Beltrame, vai voltar a defender a criminalização do jogo do bicho e a tipificação da prática de milícia no Código Penal em audiência pública no Senado, dia 8. Tramitam no Congresso dois projetos de lei e duas propostas de emenda constitucional que mudam a legislação para punir milicianos. Em relação ao bicho, a maioria das propostas pede sua legalização.

O Estado de S.Paulo

29 de fevereiro de 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.