'Beirutaço da Resistência' defende lanchonete

Símbolo da São Paulo dos anos 50, o Frevinho da Rua Oscar Freire, no Jardim Paulista, zona sul, pode fechar as portas. Uma incorporadora teria comprado o prédio onde fica a tradicional lanchonete para construir um hotel. Clientes prometem protestar contra o fechamento, hoje, a partir das 14h30. Eles criaram no Facebook o movimento "Beirutaço da Resistência". Cerca de 400 pessoas confirmaram presença.

Suzane G. Frutuoso, O Estado de S.Paulo

18 de junho de 2011 | 00h00

Parte da memória afetiva de muitos paulistanos, o Frevinho está no local desde 1956. "Lembro de quando meu pai veio com minha mãe e comigo aqui para mostrar o ponto que havia alugado", diz o empresário Roberto Frizzo, de 66 anos, dono do local. Ele diz que não faz parte da organização do evento. "É um carinho dos clientes. Talvez eu passe no final." Entre os frequentadores estão o chef Alex Atala e o vice-governador Guilherme Afif Domingos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.