Bebê resgatado por helicóptero vai entrar na fila de transplante

Ambulância teve pane na Dutra e criança teve de ser levada ao hospital pelo Águia, da PM; menina passa bem

Fabiana Marchezi, estadao.com.br

28 Janeiro 2009 | 12h21

O bebê de oito meses resgatado na noite de terça-feira, 27, por um helicóptero Águia da Polícia Militar, passou a noite no Hospital A.C. Camargo, no centro de São Paulo. Jessica Inácio de Souza, que sofre de problemas no fígado, precisou ser resgatada pois a ambulância em que era transportada quebrou na Rodovia Fernão Dias, na altura de Guarulhos, na Grande São Paulo.   De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, ela vinha de Piedade de Caratinga, em Minas Gerais, para uma consulta marcada às 9h30 desta quarta-feira, 28, no próprio hospital. Porém como ficou parada no trânsito, foi imediatamente encaminhada para lá, onde constataram que ela passa bem e seu estado de saúde é estável.   Às 9h30, a menina passou pela consulta com a pediatra especializada em hepatologia Gilda Porta, que informou que ela vai entrar na fila de espera para um órgão compatível com seu tipo sanguíneo: O positivo. A garota e sua mãe, Odeia Inácio de Souza, devem ficar hospedadas na casa de apoio Renascer, na Penha, zona leste de São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.